Encontros cármicos

Linda Brady, em seu livro “A Missão de sua Alma”, cita o fato de Edgar Cayce, médium e sensitivo que relatou inúmeros casos de reencarnação, apontar três razões de almas se reencontrarem em vidas sucessivas:

1. superar um conflito

2. saldar uma dívida ou

3. perpetuar vínculos afetivos/amor

familia1

Baseado nisso, podemos concluir que com aquelas pessoas que possuímos vínculos mais estreitos ou importantes – e que possuem uma natureza cármica se encaixariam em um destes três tópicos. A própria natureza da relação já nos traz indícios de qual seria o caso – relações mais conflituosas tendem a estar no primeiro ou segundo caso e as mais tranquilas estariam no terceiro caso.

Importante ainda lembrar, que nem todas as pessoas que nos relacionamos, seja em relacionamentos simples ou profundos, são vínculos cármicos e velhos companheiros de jornada, em vários casos nos aproximamos de muitas pessoas por afinidade, ou seja, também atraímos pessoas compatíveis com nossos padrões vibratórios.

Temos ainda o caso, de pessoas “presentes”, que são aquelas que cruzam nosso caminho por merecimento, e como dito anteriormente, atraímos por merecimento estes seres que em momentos específicos de nossas vidas fazem contribuições muito especiais.

Outro fator para se considerar é que muitas pessoas tem preocupação de saber se seus vínculos tem origem em um passado de outro vida, sendo assim relações cármicas. O fato mais relevante é que todos nossos relacionamentos possuem natureza cármica, no sentido que todas as ações que hoje fazemos, sejam elas quais foremirão resultar em futuras reações, estando assim sob a Lei do Carma.

spacer

Leave a reply