10 de outubro de 2011

Olá,

O Sol ainda passa pelo signo de Libra, mas Vênus seu planeta regente  já ingressou no próximo signo que é Escorpião. Esta passagem exige maior esforço para manter equilibradas as emoções e os nossos relacionamentos.

Mas ainda é o tempo da celebração da primavera. E trago além das previsões e de informações sobre o signo do mês – Libra, um personagem muito inspirado: Gandhi. Para abrirmos nosso coração.

Gandhi transmite a mim duas imagens belas,  a idéia do guerreiro (Marte em Escorpião na Casa 1) com a mensagem da paz tão necessária ao nosso planeta  (Sol na Casa 12 em Libra). Uma frase sua bem conhecida é  “A força não provém da capacidade física e sim de uma vontade indomável”, isto é puro Marte em Escorpião!  Gandhi me faz recordar daquela música de Gil, mais ou menos assim:

“A paz invadiu o meu coração De repente, me encheu de paz Como se o vento de um tufão Arrancasse meus pés do chão Onde eu já não me enterro mais

A paz fez um mar da revolução Invadir meu destino – A paz!

beijos e boa semana,

Nádia Oliveira

 

CÉU DO MOMENTO

A semana começa com Lua conjunto a Urano no signo de Áries, o que pode provocar irritabilidade e inquietações.  Procure responder a qualquer provocação com a educação, equilíbrio e ponderação libriana, mesmo que a vontade seja radicalizar. Se souber manter a tranquilidade em situações tensas poderá aproveitar os bons aspectos que recebe o Sol em Libra neste momento.

Terá boas oportunidades de fazer o que se propõe, haverá espaço e mesmo uma certa naturalidade para que suas ações sejam potencializadas e resultem bastante positivas.

A semana também pode trazer a concretização de bons negócios. Atenção, que boas oportunidades poderão ser perdidas! Lançamentos de produtos e de ações profissionais e pessoais  poderão aproveitar as boas configurações celestes.

Não esqueça de reservar momentos para sua vida espiritual, a conexão espiritual o deixará bem preparado para enfrentar as diversas situações do dia-a-dia. Existe uma frase difícil de ser entendida, mas que é necessária neste momento: ouça o silêncio e veja o invisível. Um aumento da intuição e da percepção podem representar uma peça chave.

Apesar de um clima romântico no ar, cuidados com ações possessivas. A falta de liberdade pode provocar atritos nas relações pessoais. Releia as recomendações iniciais e mantenha a tranquilidade.

LIBRA – SIGNO DO MÊS

Ar

Cardeal

Regente: Vênus Exaltação: Saturno Exílio: Marte Queda: Sol

Tarefa: “A ti Libra, dou a missão de servir, para que o homem esteja ciente de seus deveres para com os outros, para que possa aprender a cooperação, assim como a habilidade de refletir o outro lado das suas ações, Hei de levar-te aonde quer que haja discórdia e por teus esforços te concederei o dom do amor.” Martin Schulman

Resumo: é o sétimo signo do Zodíaco, é o limite entre o  individual e particular. Contato com o outro através da harmonia, justiça e do equilíbrio das relações. Signo mental (Ar). Ligado ao refinamento, estética e a arte.  Jovial, simpático e diplomático.

Sendo os pratos da balança, Libra é o único símbolo representado por um instrumento, e não por uma figura humana ou animal. Talvez seja por isso que, no esquema dos doze olímpicos, Libra fosse atribuída a Hefesto (Vulcano), o ferreiro ou divino artesão dos deuses.

Uma análise racional melhor para a regência de Hefesto sobre Libra pode residir nas peculiares circunstâncias de seu nascimento. As regências olímpicas foram arranjadas em pares de opostos masculinos e femininos; isso liga Hefesto a Atená, a regente olímpica de Áries. Ambas as divindades nasceram de um único genitor. Atená, como já dissemos, nasceu da cabeça de seu pai Zeus sem intervenção feminina. Outra tradição mitológica afirma que Hefesto nasceu de Hera sem participação masculina. A filha, Atená, é apenas do pai, enquanto o filho, Hefesto, nasceu magicamente da mãe. Talvez seja por isso que os astrólogos contemporâneos ligam os asteróides Palas Atená e Juno (Hera, mãe de Hefesto) a Libra.

Hefesto era marido de Afrodite, embora não fosse exatamente um casamento perfeito. Mesmo assim, tanto Vulcano quanto Vênus, em uma época ou outra, foram considerados regentes de Libra e ambos já foram considerados regentes de Touro também, pois muitos acreditam que o planeta Vulcano, ainda não descoberto, é associado a Touro. Como eram esposos divinos, podemos pensar que Vênus representa a anima de Touro e Libra, enquanto Vulcano representa o animus. Assim como com Virgem, houve outros deuses e deusas sugeridos para Libra, já que esse signo, como Virgem, ainda precisa dividir sua regência.que os egípcios honravam em seus expressivos preparativos para a vida após a morte , o objetivo principal na vida era fazer com que os pratos se equilibrassem ou preparar a alma para sua vida após a morte.

A balança de Libra tem um significado profundo para os egípcios. Diziam que, na hora da morte, a deusa Maat colocava a alma humana em um prato e uma pena no outro. Se o prato se inclinasse, nem que fosse de leve, a alma deveria reencarnar para perder o peso extra. Como Libra vem logo antes de Escorpião, o signo associado à morte

Não é sempre que vemos librianos modernos preocupar-se com o peso de suas almas. Porém, os constantes atos de equilíbrio em que se envolvem por causa de seus parceiros podem fazer com que se signo do equinócio de outono*, Libra representa um momento de transição no ciclo das estações. Os dias e noites têm igual comprimento, de forma que as energias do “Eu” (dia) e a consciência do “outro” ou humanidade coletiva (noite) permanecem equilibradas. A mesma situação ocorre durante o equinócio de primavera no início do mês de Áries, mas com uma diferença vital. Durante Áries, a força do dia está ficando mais forte. Por isso, Áries representa uma individualidade emergente destacando-se da humanidade coletiva. Em Libra, a força da noite está aumentando, de forma que o simbolismo aqui mostra o indivíduo que começa a reconhecer a necessidades dos outros, do coletivo. Assim, os pratos de Libra são normalmente menos inclinados para o “Eu” e mais para os outros. E, embora os pratos possam parecem um símbolo um tanto impessoal que associamos ao casamento e ao companheirismo, eles simbolizam o equilíbrio de forças que ocorre no equinócio.

* no hemisfério sul é o oposto

Texto extraído de Astrologia e Metodologia de Ariel Gutman e Kenneth Johnson – Ed. Madras

PERSONAGEM LIBRIANO

GANDHI

Gandhi nasceu em Porbandar na Índia em 2 de outubro de 1869. Tornou-se mundialmente conhecido como  Mahatma Gandhi que significa Grande Alma. Teve uma participação política tremendamente importante na independência da Índia do Império Britânico através de uma ação quase inusitada, chamada de satyagraha, que é o princípio da não violência.

O mesmo principio foi defendido antes por Tolstói e mais tarde será por Luther King e Mandela.

Estudou direito na Inglaterra, onde teve seu primeiro contato com o Ocidente. Depois de formado foi trabalhar junto às colônias indianas da África do Sul, onde iniciou sua carreira e seu ativismo social, ao se deparar com as péssimas condições que os indianos viviam neste país. Ao voltar para Índia, já chegou com mais conhecido e defendendo idéias em prol da justiça social e da valorização da tradição do povo hindu.

Gandhi começou a pregar uma série de ações de desobediência civil que passaram a ter enorme repercussão política e sua importância como figura pública não parava de crescer.

Junto às idéias políticas, passou a pregar uma vida mais simples e a valorização da cultura indiana. Viajou muito pelo território indiano pregando suas idéias e cada vez eram menores as possíveis ações de retaliação do governo britânico, pois a popularidade de Gandhi era imensa.

Sua aproximação com muçulmanos e cristãos muitas vezes foi recebida com críticas entre seus aliados. Lamentou a partilha da Índia e o Paquistão. A Índia conseguiu sua libertação, mas Gandhi foi morto em 1948 por um hindu que o responsabilizava pelo enfraquecimento do novo governo.

Seu mapa astrológico traz Sol e ascendente no signo de Libra, a luta de gandhi pela justiça e pela paz é uma de suas mais importantes marcas. Buscar isto através de uma ação não agressiva a marca libriana e o sol na Casa 12. Mas isto não significou falta de coragem ou comodismo, Lua em leão na Casa 10 com Marte em Escorpião de Casa 1. Soube impor suas idéias, deixar sua marca e determinação. Inclusive com grande projeção internacional – Urano na casa 9 em bom aspecto com Marte, Jupiter e Plutão. Apesar da lição de paz, suas idéias foram firmes e determinadas, havia em suas ações um forte propósito de lutar em prol de suas crenças.

Para conhecer melhor a história de gandhi recomendo dois filmes, um bastante conhecido – Gandhi de 1982 com Ben Kingsley. O filme foi vencedor de oito oscar, incluindo melhor filme, melhor diretor (Richard Attenborough) melhor ator.

O segundo filme é “Gandhi, meu pai”, apesar das resenhas escreverem que o filme acaba com o mito de Gandhi e o mostram como um homem autoritário e inflexível com seu filho, honestamente não vi o filme desta maneira. Acho que o filme nos mostra como é complicado vivermos a ética e a integridade, em todos os setores da vida. Gandhi, na minha opinião, se esforçou muito para isto e obviamente viveu em sua vida pessoal e familiar o peso de suas escolhas e de suas idéias. Era sim, um homem comum, com dualidades e defeitos, defeitos aliás que ele próprio apontava. Mas lutou contra si mesmo, contra seus apegos, tentou viver até no plano familiar e amoroso, suas idéias, e conseguiu, na medida humana do possível.

Veja abaixo o trailler do filme:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=E0jFSgXxZE8[/youtube]


 
spacer

Leave a reply